This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

Vão odiar-me pela resposta: Depende!

Se quiser pintar uma área de dimensão média (uma peça de vestuário num imagem de 10×10 com, por exemplo) e desejar um degradê suave, 3 bem escolhidas devem ser mais que suficientes. Se a área for de dimensão considerável, e quiser um degradê mais rico, aumente o número de canetas. Para cabelos eu uso no mínimo 3.

Se a área for pequena tente com apenas dois marcadores. Por vezes as áreas são tão pequenas (folhas de flores por exemplo) que conseguir usar bem 3 marcadores é um desafio. 🙂

Não fiquem à espera de ter uma grande colecção de marcadores para se aventurarem a pintar com Copic. Há várias técnicas de blending que não requerem mais que um ou dois marcadores. Pode, por exemplo, comprar dois marcadores do mesmo Natural Blending Group com luminosidades distanciadas e “simular” a cor intermédia através das técnicas tip-to-tip ou palete blending. No limite pode passar o mesmo marcador múltiplas vezes na mesma área para conseguir um tom mais escuro nalgumas zonas do desenho, simulando assim dois marcadores.

Os marcadores Copic podem ser armazenados deitados ou na vertical, é completamente indiferente!

Dentro de uma mesma família de cor, as cores que têm o mesmo nível de saturação constituem um Natural Blending Group. São cores que ficam (quase) sempre bem juntas, não há diferença de saturação, apenas de luminosidade, por isso é (quase) garantido que o blending resulte bem. E digo (escrevo) quase, porque o salto de intensidade pode ser tal que a cor mais clara acabe por “lavar” a mais escura. Quando falamos em blending Copic referimos-nos, como o nome sugere, a “mistura de cores”. Mas é mais no sentido de um degradê, não no sentido de termos cores a anular completamente as outras.

Se olharmos para a roda de cor Copic como uma cebola cortada ao meio (desculpem o exemplo) cada camada da cebola dentro da mesma cor corresponde a um Natural Blending Group.

Voltando ao exemplo da família Blue, encontramos os seguintes Natural Blending Groups:

B0000, B000, B00, B01, B02, B04, B05 e B06

B12, B14, B16, B18

B21, B23, B24, B26, B28, B29

B32, B34, B37, B39

B41, B45

B60, B63, B66, B69

B91, B93, B95, B97, B99

Siga os passos descritos neste artigo.

Com o tempo e o uso, os marcadores que mais usamos vão ficando sujos. Consulte este artigo para aprender a limpá-los rapidamente.

Nem todas as tintas são compatíveis com os marcadores Copic.

À partida, impressões a laser ou resultantes de uma fotocopiadora não devem ter problemas com Copic uma vez que são à base de toner, que é fundido ao papel no acto de impressão Nessa situação,  a tinta de álcool dos marcadores não destrói as linhas. As impressões em jacto de tinta têm mesmo de ser testadas, dado que cada impressora usa cartuchos de tinta com composições ligeiramente diferentes. Eu uso uma HP Officejet Pro, e anteriormente tinha uma Canon Pixma, sem qualquer problema.

Para aprender a testar a tinta, consulte este artigo.

 

A Copic tem uma gama de multiliners compatível com os seus marcadores.

Copic Multiliners pretas

Copic Multiliners SP, preto

Estas canetas são à prova de água e à prova de Copic e, por isso, excelentes para complementar pinturas não só com Copic mas também com aguarela. As multiliners SP são facilmente recarregáveis e as pontas substituíveis. Estão disponíveis em preto em dez tamanhos diferentes, desde 0.03mm até ponta pincel e em 12 cores no tamanho 0.3 e ponta pincel.

Copic multiliners coloridas

Copic Multiliners SP, coloridas

 

 

As almofadas de carimbo devem ser à base de “dye inks”. Entre as mais comercializadas em  Portugal, a Memento, a Brilliance da Tsukineko e as Distress da Ranger são compatíveis, embora as últimas tenham que se deixar secar muito bem. Para garantir que a tinta está bem seca e não vai misturar-se com a tinta do seu marcador pode passar o papel a ferro. Como eu já tenho muita coisa para engomar em casa dispenso aventuras e uso sempre Memento. Nunca dá problemas e não preciso de ligar o ferro. É carimbar e pintar!

A evitar sempre: a Staz-on (à base de solvente) e tintas laváveis (à base de água, vão dissolver-se).